1 of 7  Previous | Next

VEJA AO VERSO /VÉASE AL VERSO/ /SEE reVERSE/
FESTIVAL FATAL
Lisboa, 2012
credits
direction / dirección: ingnacio de antonio
actors / actores: andrea gonzález, marta muñoz, luis amália, lule salas
music / música: roberto garcía

- -
Cinco actores e um músico, sem adereços nem figurinos específicos (sempre bem vestidos), irão compor uma história concreta, captando informações do público: postura, histórias, tiques, emoções e voz. Durante quase uma hora, sem pausas nem anotações à margem, vão compor uma espécie de "cadavre-exquis" no cenário.

Há teorias que apresentam a ideia de que todas as nossas acções e pensamentos afectam, de algum modo, o mundo à nossa volta, o que faz com que seja impossível calcular uma taxa de sucesso com absoluta precisão. O caos compõe a realidade e as histórias que a relatam. As histórias são resultado do modo como são contadas e acontecem. Já há algum tempo, que procurávamos um texto, até constatarmos que não o iríamos encontrar. A Companhia tem, assim, o prazer de convidá-los para um evento excepcional, um espectáculo irrepetível, pela impossibilidade da sua reprodução, devido aos meios criativos utilizados: os seus espectadores.

Contemos de forma involuntária uma história compartilhada, unamos as vidas que entram na sala: personagens emprestadas, manias roubadas, medos divididos, sucessos desfrutados, fragmentos reconstituídos. Coloquemos música para a ocasião, uma ilha e um palácio. Dezassete personagens em quatro histórias simultâneas e vice-versa. Tudo cabe no cenário: a nossa história e o caos que vocês trazem.
Lembranças redesenhadas, fotocopiadas, simétricas, remisturadas, sobrepostas, ligadas, tecidas em rede, múltiplas, combinatórias, semelhantes; desenlaces modificados, uniões de pontos comuns, caça aos conceitos, encadeamentos, fios tecidos, encaixe histórico, simultaneidade, transparência, zoom out, zoom in, parecenças, desvios entre vocês e nós